18/06/2020

É hora de higienizar! Saiba os 10 itens mais sujos da sua casa

Mania de limpeza? Saiba que o seu banheiro é o lugar mais limpo de sua casa, e alguns objetos podem ser o real perigo cheios de bactérias e vírus, causando alergias e gripes. E claro, agora com o coronavírus que temos que ficar bem atentos.

Manter as coisas limpas é importante para evitar problemas de saúde, além de uma boa aparência da casa. Por isso, tenha atenção a alguns itens domésticos que usa todos os dias, mas que costumam ser negligenciados na hora da limpeza. Cuidar deles da forma correta é essencial.

Vamos conferir quais são? Continue lendo! 

 

1. Telefone celular

smartphone-1894723_1920

Tome cuidado! Seu próprio celular é o item mais sujo que possui, até mais que um assento do banheiro ou uma sola de sapato. Isso porque o levamos para cima e para baixo, manipulamos com a mão suja, deixamos cair no chão, etc.

Há estudos que mostram que 92% dos telefones possuem bactérias, sendo 16% as bactérias encontradas nas fezes.

Além disso, como a tela geralmente é quente, as bactérias se transferem não apenas para os dedos, mas também para o rosto, incluindo os olhos, nariz, orelhas e lábios.

Como higienizar?

Molhe um papel-toalha com álcool e passe levemente em todas as partes.

Um alerta: não leve ao banheiro.

 

2. Teclado do computador

computer-1185626_1920

Além do seu telefone, seu computador provavelmente é algo que usa todos os dias. E muitas pessoas nunca limpam o teclado. Mas, segundo um estudo publicado pela CBT Nuggets, o teclado é 20 mil vezes mais sujo que o banheiro. Por isso, certifique-se de limpar o teclado e o mouse regularmente.

Além da intensa manipulação, sempre comemos algo, cai um farelo, e assim vão se acumulando mais e mais bactérias.

Como higienizar?

De 15 em 15 dias, vire o teclado ao contrário, dê batidinhas para a sujeira desgrudar e cair. Depois limpe com um pano umedecido com álcool. “Jatos de ar frio com secador de cabelo também ajudam a fazer uma boa limpeza”, recomenda o biomédico.

 

3. Maçanetas

door-handle-625942_1920

Pare para pensar quantas vezes no seu dia toca em alguma maçaneta? Seja em casa ou no trabalho, é quase impossível evitar tocar uma maçaneta da porta. São alguns dos itens mais negligenciados quando se trata de limpeza.

Em edifícios públicos são os itens mais contaminados. E, se não lavar as mãos antes de voltar para casa e tocar suas próprias maçanetas, estará levando vírus contagiosos para sua casa. Então, na hora da faxina, lembre-se de limpá-las do lado de dentro e de fora.

Os interruptores de luz também são bem sujos e precisa de limpeza. Fique atento!

“Todos os interruptores de luz podem ter cerca de 217 bactérias diferentes que persistem no seu pequeno botão”, atesta o Dr. Bactéria.

Como higienizar?

Use diariamente um pano umedecido com desinfetante ou passe um paninho com álcool gel.

 

4. Almofadas

pillow-2092155_1920

As almofadas e travesseiros da cama são um perigo, cheios de ácaros, pele morta e insetos. Não damos muita atenção a eles, apenas trocamos a capa ou fronha e pensamos que estão limpos assim.

A boa notícia é que a maioria dos travesseiros pode ser colocados na máquina de lavar. Então, na próxima vez que trocar a roupa de cama, não se esqueça de lavar seus travesseiros e almofadas também.

 

5. Tábuas de corte

salad-2496263_1920

As tábuas usadas na cozinha para cortar carnes e vegetais, segundo um estudo divulgado pelo Reader’s Digest, contém 200 vezes mais matéria fecal do que um assento de vaso sanitário. A solução é reforçar a higiene deste utensílio.

Use uma para cada tipo de alimento, procure cores diferentes para não confundir, usando verde para verduras e legumes, vermelha para carnes cruas.

Como higienizar?

Imediatamente após o uso, lave bem com água e detergente. Finalize com vinagre puro, sem enxágue. E um alerta: A tábua está muito riscada ou desbotando? Substitua por uma nova.

 

6. Máquina de lavar

washing-machine-2668472_1920

As roupas limpas não podem ser consideradas realmente limpas. E a culpa é da máquina de lavar. Como elas estão quase sempre molhadas, se tornam o ambiente perfeito para bactérias.

Como higienizar?

Uma dica é limpar a máquina com alvejantes pelo menos uma vez por mês.

 

7. Carpetes

staircase-2364029_1920

Esse é o paraíso dos ácaros. A descamação natural da nossa pele serve de alimento diário para esses bichinhos. Isso sem contar a sujeira que o tecido acumula trazida pelos sapatos e restos de alimento. Se não puder trocá-lo por um piso mais fácil de limpar, fique atenta às dicas de limpeza.

Como higienizar?

Uma vez por semana, sobre o carpete, jogue bicarbonato puro, esfregue e espere 15 minutos. “Só aí, passe o aspirador de pó, que deve ter o elemento filtrante HEPA – com capacidade de filtrar as fezes de ácaros”, ensina o biomédico. Outro método eficiente é passar um pano com vinagre de limpeza (65% de ácido acético).

 

8. Bolsa

handbag-2661412_1920

Sua bolsa é 10 vezes mais suja que um assento no banheiro do escritório, de acordo com estudo.  Uma das razões pelas quais esse objeto vive cheio de germes é o fato de colocá-lo no chão em banheiros, restaurantes ou mesmo no transporte público.

Então, sempre que possível, mantenha a bolsa fora do chão e limpe-a todos os dias para reduzir o risco de transferir bactérias para sua casa.

 Como higienizar?

Limpe sua bolsa por fora com um pano levemente umedecido em água e detergente neutro, depois passe um pano seco e macio para secar bem.

 

9. Escova de dentes

toothbrush-674650_1920

Se lembra a última vez que lavou o cabo da escova de dentes?

Possivelmente não a limpa de forma suficiente. Um estudo da organização independente de saúde NSF International descobriu que eles contêm bactérias nocivas e mofo. Fique atenta!

Ela não deve ser guardada molhada e fechada, pois isso cria um ambiente ótimo para as bactérias. Mas o maior problema mesmo de contaminação da escova e de todo o espaço é dar a descarga com a tampa aberta. “O spray chega a 2 m de altura, contaminando tudo”, diz o Dr. Bactéria. E o prazo de validade de cada escova é de 2 meses.

Como higienizar?

“Após a escovação, lave, bata na pia para tirar a água e passe um preparado de gluconato de clorexidina a 0,12% – mande fazer em farmácia de manipulação”, diz o biomédico. Deixe secando em copo individual com as cerdas para cima.

 

10. Esponjas de cozinha

sponge-4501299_1920

Não adianta ter pratos limpos se eles foram lavados com uma esponja suja!

É a campeã em número de bactérias: “tem 10 mil vezes mais que um tampo de privada”, atesta o dr. Bactéria. E atenção: a durabilidade é de apenas uma semana! Sim, mesmo que a limpe direitinho, deve descartá-la de sete em sete dias.

Como higienizar?

O biomédico indica três técnicas. “A primeira é molhar a esponja, embrulhar molhada em papel-toalha e levar ao micro-ondas por dois minutos”. A segunda é deixar em água fervendo de 3 a 5 minutos. E a última consiste em deixar em solução de duas colheres de sopa de água sanitária por litro de água.

As únicas esponjas que estão livres dessa higienização constante são as que contêm íons de prata (essa característica vem no rótulo). Mas elas também só duram uma semana!

Agora já sabem os itens que precisam de uma boa higienização, e prevenir algumas alergias e problemas de saúde. Aproveite para colocar em sua rotina de limpeza!